Tempos de Mudança

Vivemos tempos de mudança e estas devem ser drásticas e rápidas.

Faz-se necessário que elas se iniciem de dentro para fora e para que elas se desencadeiem é preciso inicialmente uma conscientização de que é chegado o momento e ela se faz necessária e imprescindível. 


Chamamos esta primeira etapa de reforma intima, que exige uma quebra de paradigmas, ela normalmente é dolorosa, pois rompe conceitos que trazemos arraigados nas profundezas do nosso ser e mescladas com informações e ensinamentos desde os tempos de criança.

Mas a mudança se faz urgente pois os resultados que estamos tendo na nossa pecuária já a muito tempo não são satisfatórios e a performance de nossa propriedade dia a dia vem decaindo visivelmente.

As mudanças são visíveis e rápidas, elas influenciam não somente aos proprietários, mas também seus funcionários, o mercado que consome seus produtos e fornece os insumos e tecnologias e principalmente toda a sociedade e familiares.

Os custos a muito tempo vêm disparando e cada vez mais o produtor está se tornando dependente dos novos modelos produtivos e das tecnologias usadas para se produzir mais e melhor.

O produtor que era uma pessoa calma, pacata e que prezava por um modelo de vida tranquilo e feliz passou a incorporar o estresse da cidade grande com números e mais números, controles de custos e produção e técnicos que diariamente estão dentro do seu sistema produtivo berrando para que ele busque urgentemente este modelo de produzir mais e melhor.

A sucessão dentro da família cada vez mais distante pois os filhos querem ser e viver dentro de uma realidade totalmente diferente da oferecida pelas propriedades rurais.

Tudo muda, tudo muda rapidamente!

 

 


A primeira coisa a ser feita é o pecuarista levantar seus números, analisar seus resultados e sair do achismo para o real de seu negócio. Estabelecer objetivos e sair do amadorismo e buscar ser mais profissional.

Não encarar a tecnologia como um aumento de custos e despesas e sim o meio de ele sobreviver e trabalhar com sustentabilidade.

Estabeleça metas bem definidas de melhoria das pastagens, de ganho de peso e desfrute do rebanho.

Sem se capacitar e capacitar sua equipe não se consegue nada. É fundamental que o pecuarista comece a reaprender novas formas e modelos de produção e intensificação.

Tudo deve ser rápido e planejado, pois o mercado não espera, a vida não espera, a família quer os resultados para agora e os estrangeiros logo logo irão bater na sua porteira para comprar seu pedaço de chão.

Portanto, amigo pecuarista, não tenha medo de mudar, pois quem não muda DANÇA.

 

Grande abraço e até a próxima se Deus quiser.

Wagner Pires

Consultor de pastagem

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

circuito da pecuaria brasil logoAtendimento:
Seg.-Sex. (08h às 18h)

[email protected]

www.circuitodapecuaria.com.br

Cel/Whats: 55 19 98112-5298

Fone: 55 19 3894-1865

Skype: wagnerpires1

Rua Ernesto Ferrari, 54
Jd. Explanada II
Indaiatuba/SP
CEP - 13335-585

Cadastre-se e receba nossas novidades!

Passo a Passo - 10 Etapas