Entrada das águas, um momento estratégico para o pasto

É comum o estado do Tocantins ser castigado por um longo período de seca com altas temperaturas, desta forma o pasto chega ao final da seca totalmente degradado.


Se o pasto foi bem manejado durante a última estação das chuvas ele entrou no período de seca com um sistema radicular profundo e muito tecido de reserva, isso irá permitir com que a pastagem tenha uma rebrota rápida e vigorosa. Mas mesmo assim ela leva um tempo para atingir o ponto de pastejo e a fazenda nesta época não dispõe de muita alternativa.

 


Nesta hora um pasto de Andropogon faz toda a diferença, pois é o primeiro a rebrotar e dar ponto de pasteja. Recomendo que o pecuarista tenha alguns pastos desta gramínea justamente para atender estes momentos.

 


O Andropogon é uma excelente gramínea, porem o seu problema é sua baixa produção de massa durante o período da seca

 

 

 

entrada das aguas 01

 

Lembrando que o ideal é que uma propriedade tenha no mínimo 3 tipos diferentes de gramíneas forrageiras, jamais duas gramíneas juntas num mesmo pasto.

 


Assim que o pasto dispõe de um pouco de área foliar o pecuarista pode optar por realizar a aplicação de um produto foliar a base de Nitrogênio, isso irá acelerar a recomposição da planta.

 

 


Uma outra alternativa é ir fazendo giros rápidos nos pastos 2 a 3 dias com uma taxa der lotação baixa. A medida em que o pasto vai rebrotando ele vai concentrando mais os lotes e dando um período maior de pastejo.

 


A partir de agora devemos tomar todo cuidado com a pastagem pois ela não terá tempo de armazenar nutrientes e o consumos de forragem aumenta. O ideal é que o rebanho não ultrapasse 7 dias, pois a partir daí corre-se o risco do gado comer o meristema apical.

 


Agora também é uma época de escolha de gramíneas para o plantio em reforma, este ano em especial está muito ruim pois o ano foi péssimo para a produção de sementes e existem algumas cultivares que estão pela hora da morte. Uma delas é o Massai, um panicum muito plantado na região. Eu recomendaria o Paiáguas, uma Brachiaria Brizantha muito boa que vem dando um excelente resultado em regiões onde o período de seca é bastante crítico.

   

Eu recomendo ele.

  

entrada das aguas 02

 

 Apesar do ano não estar pra peixe, ou melhor, para formar pasto; recomendo muita cautela na compra de sementes e não comprar semente sem boa procedência.

 


Outro ponto importante que o pecuarista amigo deve avaliar é quanto o uso do fertilizante a usar, é preciso fazer conta. Não olhe somente o custo da tonelada do fertilizante, é preciso verificar a composição da formula, calcular o preço do ponto do nutriente posto na fazenda e ai decidir o que comprar. Em pecuária o interessante é o uso de fertilizantes de baixa solubilização pois não usamos aplicar fertilizante com muita frequência e ai um fertilizante que demore mais para se disponibilizar pode ser mais interessante.

 


Resumindo a nossa estória meus Amigos, é no detalhe que vamos ganhar. Vai ganhar quem enxergar oportunidade onde todos estão enxergando problemas.

 


Boa sorte!

 


Wagner Pires

 

 

circuito da pecuaria brasil logoAtendimento:
Seg.-Sex. (08h às 18h)

[email protected]

www.circuitodapecuaria.com.br

Cel/Whats: 55 19 98112-5298

Fone: 55 19 3894-1865

Skype: wagnerpires1

Rua Ernesto Ferrari, 54
Jd. Explanada II
Indaiatuba/SP
CEP - 13335-585

Cadastre-se e receba nossas novidades!

Passo a Passo - 10 Etapas